Conhecendo o Projeto Tamar

Depois de um tempinho longe, voltei para contar mais um pouco sobre minha viagem ao Arquipélago de Fernando de Noronha, mais conhecido como Paraíso.

Um das atrações que não podem ficar de fora de uma visita à Noronha, é o projeto TAMAR.

O projeto TAMAR fala por si só. É uma oportunidade maravilhosa para saber mais, não só sobre as tartarugas, mas também sobre o trabalho dos biólogos nas comunidades onde os projetos são desenvolvidos. Todas as noites tem palestra e cada dia o tema é diferente. Então, se você estiver de bobeira, é só passar no TAMAR em qualquer dia da semana. Vale lembrar que a atração é gratuita!

Projeto Tamar

Projeto Tamar

E se você for uma pessoa muito sortuda, ainda pode assistir a abertura dos ninhos… Imagina, oportunidade única na vida presenciar o nascimento das tartaruguinhas! Eu não tive essa sorte, já que isso não depende da nossa vontade. Mas não fique triste, ainda tem a captura das tartarugas para a medição.

Captura das tartarugas | Projeto Tamar

Captura das tartarugas

Essa “ captura” ocorre duas vezes por semana, os biólogos vão a praia, no meu caso foi no Porto, e ficam procurando as bichinhas e quando elas permitem, são levadas para a praia por alguns minutos, onde os biólogos do TAMAR fazem as medições e marcam as tartarugas. Nesse breve período é possível ficar bem pertinho delas. Vale super a pena! E de graça!!

E na unidade do projeto TAMAR ainda tem uma lojinha com vários produtos legais, além de levar uma lembrança ainda contribui para o projeto.

Projeto Tamar

Projeto Tamar

Até a próxima,

Carina

Facebook | Insta Blog | Insta Carina | YouTube | Twitter | Comente!

O que achou do post?

Comente pelo Facebook!

comentários

Um comentário

  1. Marcia disse:

    Esse projeto é mesmo muito bacana!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>