Trilhas

Trilha da Cachoeira do Abismo e Mirante da Janela – Chapada dos Veadeiros | Goiás.

Sem dúvida, essa trilha não pode faltar no seu roteiro! Uma das mais bonitas da Chapada dos Veadeiros.

Qualquer pessoa (que não tenha mobilidade reduzida), pode fazer o percurso. Digo isso porque há trechos íngremes com subida e descida. Até quem tem um bom condicionamento físico, sente o esforço.

No retorno, parei algumas vezes para descansar. Apesar da escadaria ter corrimão, ser com pedras e troncos de árvore, é extensa e íngreme. O que me fez notar, que preciso focar mais nos treinos em escadas… Rs!

Ao ler o post da Carina, publicado aqui no Blog, decidimos ir com guia. Não queria correr o risco de não encontrar “a janela” ou me perder pelo caminho.

O acesso é bem próximo da entrada do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, na verdade, um pouco mais acima… há uma placa sinalizando a entrada.

O local onde estacionamos é enormeee e não há cobrança. Do estacionamento, até a “portaria”, realizamos uma breve caminhada. Foi possível observar poços profundos, escavados na época da mineração e até materiais utilizados, um museu a céu aberto. A entrada custou R$ 30,00.

O trajeto é repleto de cenários incríveis!!!

A caminhada foi realizada no período da tarde. A ideia era ver o pôr-do-sol e encontrar o mínimo de pessoas na janela, já que a procura em fotografar por lá é grande, gerando filas intermináveis. Vamos combinar que fila estraga qualquer experiência né? Mas em época de chuva, não aconselho. O risco de temporal, raios, tromba d’água é enorme!

E com a gente não foi diferente! só foi colocar os pés na “janela”, que o céu desabou… e tudo bem… chuva é benção!

Quando ela diminuiu, subimos para um outro mirante, com vista 360º para a Chapada dos Veadeiros. Imagem única! A natureza é perfeita!

A chuva continuou nos acompanhando no retorno e o banho na Cachoeira do Abismo, que estava com um volume de água descomunal, foi adiado. Uma pausa para fotos, tirar a água da bota e torcer as meias.

No platô, foi possível contemplar um sol tímido e toda a beleza da Chapada. Apesar de cansada, o sentimento de gratidão invadiu meu peito, renovou o ar dos meus pulmões e me deu energia para finalizar a caminhada.

Pela manhã já havia feito Raizama e eu não tenho mais 20 aninhos né? Mas foi mágico!

Algumas dicas para você não passar perrengue:

  • Leve 2 litros de água
  • Fruta e snacks
  • Calçado apropriado para trilha
  • Camiseta manga longa UV
  • Chapéu/boné
  • Lanterna de cabeça

Se eu esqueci de algo, acrescenta aí nos comentários!

Um abraço!

Daniele

Facebook | Insta Blog | Insta Dani | YouTube | Twitter | Comente!

O que achou do post?

Comente pelo Facebook!

comentários

Mas pode chamar de Dani! Carioca, cinéfila, estudante de Geografia, ama estar em contato com a natureza, realizar passeios e viajar. Adepta de fazer listinhas pra tudo! Não abre mão de uma velha agenda e uma boa aventura!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *