Descobrindo o Rio de Janeiro

Para se aventurar você não precisa ir muito longe…

No último fim de semana eu e minha parça Dani, resolvemos nos embrenhar no mato, fomos fazer a trilha que leva à 3 belas e desertas praias na zona oeste do Rio de Janeiro, as chamadas Praias Selvagens. A Dani já havia feito esse passeio e me indicou, e eu adorei!

Trilha Praias Selvagens

Fomos com o grupo Trilhas do Rio de Janeiro, que nos possibilitou tomar esse caminho com segurança e bom humor. É sempre bom lembrar que segurança nunca é demais. Então, se você curte trilhas sempre esteja acompanhado de guias experientes e não tente dar uma de Tarzan, afinal o objetivo é se divertir, mas sempre de forma segura.

Praias Selvagens com o Grupo Trilhas do Rio de Janeiro

Mas voltando as praias, são elas: Praia do Inferno, Praia Funda e Praia do Meio.

Na primeira delas você encontrará pedras que serão ótimas para compor o álbum de fotos, nessa já dá para curtir o mar que não foi o meu caso, pois a fome era tanta que quando terminei de saborear meu lanche o grupo já estava pronto para prosseguir.

Trilha Praias Selvagens

Na Praia Funda não fizemos parada, desconfio que o profundidade do mar naquela praia seja o motivo, mas mesmo assim, o visual já é incrível!

Trilha Praias Selvagens

E por último a Praia do Meio, onde dá para aproveitar um belo banho de mar, com toda privacidade que uma praia “quase deserta” pode proporcionar. Daí em diante iniciamos nossa volta.

Praias Selvagens

A trilha das Praias Selvagens é classificada como moderada, mas não é necessário ser nenhum atleta para fazê-la, se eu consegui fazer…

A dificuldade reside no fato de ser subida. A ida é mais curta, leva em torno de 20 minutos, variando de acordo com o ritmo de cada um, os nossos guias fizeram uma parada na ida de alguns minutos para nos recompormos e hidratarmos, e assim a ida se torna mais fácil.

A volta me pareceu mais pesada, principalmente por que é mais longa, logo, subida é bem mais puxada, mais uma vez os experientes guias conseguiram administrar esse quesito.

Mas o que realmente representa um obstáculo são os insetos, por isso NÃO DEIXE DE APLICAR E REAPLICAR O REPELENTE, eu esqueci na volta e carrego no corpo as marcas desse erro.

Brincadeira à parte…

É sério! não esqueça o repelente e o protetor solar, mesmo que durante o percurso na mata não fiquemos expostos diretamente ao sol é importante o uso.

Não custa lembrar de usar roupas frescas, levar bastante água, lanches leves e utilizar calçados adequados para trilha, e daí é só partir para o abraço.

O Rio de Janeiro é lugar belíssimo e cheio de surpresas, lugares que estão apenas esperando para serem descobertos por nós. As praias selvagens são um ótimo exemplo disso e apenas mais um! porque o que não falta aqui, são aventuras para serem vividas!

Abraço e até a próxima!

Carina

Facebook | Insta Blog | Insta Carina | YouTube | Comente!

O que achou do post?