Ilha Grande em 5 horas

Ilha Grande

No último sábado resolvei dar uma volta e aproveitar uma bela praia e o destino escolhido foi a linda Ilha Grande.

Minha ideia foi aproveitar apenas um dia, mas se você quiser passar dias por lá o quê não falta é opção de estadia e lugares lindos para ver.

Para chegar à Ilha, somente de barco e os locais por onde essa travessia é feita são Angra dos Reis, Mangaratiba e Conceição de Jacareí. Eu fui por Conceição e paguei R$ 60,00, ida e volta, saí na embarcação das 10h30 e voltei às 18h. É importante ficar atento com o horário da volta para não ter que dormir na ilha (oh que sacrifício! RS). Normalmente, há saída para a ilha a cada 30 min. Em Angra e Mangaratiba ainda tem a opção mais barata das Barcas S.A, mas os horários são escassos, se não me engano, apenas um pela manhã e um no final da tarde.

Mas vamos lá!

Afinal, o que fazer em apenas 5h na Ilha Grande?

Eu optei por conhecer alguns lugares que não tinha visitado na minha ida anterior à Ilha, Cheguei na Vila de Abrão peguei um mapa e fui em direção à praia preta, ao poção e subi um pouco mais até uma pequena cachoeira, que não sei como chama, através de pequenas trilhas, fáceis, apenas chamo atenção para os trechos de pedra na extensão das quedas d’água pois são muito escorregadias.

Ilha Grande

Ilha Grande

Depois dessa primeira parte, fiz uma rápida parada para almoçar e segui na outra direção da ilha, minha intenção era chegar em Abraãozinho, mas segui errado na trilha e fui parar na praia de Crena, que é linda também, lá tive a oportunidade de encontrar uma tartaruga, fiquei feliz da vida! Em Crena fiquei um tempinho relaxando no mar e depois peguei o caminho de volta.

 Tive muita sorte porque o dia estava lindo, o mar estava calmo e quentinho e não peguei a agitação dos feriados que costumam deixar a ilha bem cheia.

Praia da Crena

Além das trilhas, que podem ser longas ou curtas, há também opções de passeio de barco e lancha que levam a vários locais, como as famosas Lagoa Azul e Lagoa Verde.

Enfim, há muito o que ver em Ilha Grande, seja em pouco tempo ou muito, tudo depende da sua programação e disposição, minha dica é; chegue o mais cedo possível e volte o mais tarde que puder, e aproveite cada minuto.

Apenas uma coisa me deixou chateada, na ida para a praia de Crena vi muito lixo pelo caminho e até caco de vidro em uma das praias que passei, é uma pena ver um lugar lindo como a Ilha Grande começando a sofrer com os males que o homem pode causar à natureza.

Nunca é demais lembrar: Deixe apenas pegadas e leve apenas lembranças!

Até a próxima!

Carina

Facebook | Insta Blog | Insta Carina | Comente!

O que achou do post?

Tchau 2014!

   Era pra ter feito esse post no último dia de 2014, mas eu sempre deixo tudo pra cima da hora. Como viajei, não consegui escrever.

Não poderia deixar de falar deste, que mesmo havendo momentos ruins, considerei um ano bom. Deixou um saldo positivo e muitas aprendizagens.

Separei 12 fotos que marcaram 2014. Cada qual, retratando um mês. Uma simples retrospectiva.

Obs: Para ler a legenda, basta passar o mouse sobre a imagem. ;)

JANEIRO: Minha virada do ano foi na Pedra Bonita! Ver os fogos lá do alto, dormir na pedra e acordar vendo o sol nascer, foi uma das experiências mais incríveis que já vivenciei!

 

FEVEREIRO: Carnaval na creche!!! Sentirei saudades dessa ótima turminha!!!

 

MARÇO: Conheci o Arraial do Sana em Macaé. Foi um carnaval bucólico e zen.

 

ABRIL: Risquei um item da minha listinha 101 coisas em 1001 dias! Pratiquei SUP ou melhor dizendo, Stand up Paddle.

 

MAIO: Visitei a exposição Buddy Bears, na orla da praia do Leme.

 

JUNHO: Fui para Foz do Iguaçu! Conheci as Cataratas, fiz compras no Paraguai, fiz passeio pela Argentina. Foi muito legal! Ainda quero escrever sobre essa minha viagem.

 

JULHO: Arraiá da amizade… Pela primeira vez fui a caráter em Festa Julina! Mega divertido!

 

AGOSTO: Conheci a Terra da garoa. Nessa foto eu estava na Liberdade, fazendo comprinhas. Outra viagem que ainda quero escrever.

 

SETEMBRO: Passei um divertido final de semana na casa de amigos, no paraíso… Angra dos Reis.

 

OUTUBRO: Conheci a escadaria Selaron e fotografei nos Arcos da Lapa. Dois itens eliminados da lista 101 coisas em 1001 dias.

 

NOVEMBRO: Conheci a “Pequena Finlândia”  Penedo.

 

DEZEMBRO: Fechando com chave de ouro! minha última trilha! há uns 6 meses sem trilhar, decidi encarar essa… Praias Selvagens. Ainda fiquei sem tênis! kkkk! Depois conto como foi! rs…

 

2014 foi ou não foi repleto de aventuras?!?

Que 2015 possamos experimentar algo diferente e desbravar ainda mais esse mundão que Deus nos deu!

Um abraço!

Daniele

Facebook | Twitter | Instagram

O Rotaroots tem o objetivo de resgatar a época de ouro dos blogs pessoais, incentivando a produção de conteúdo criativo e autoral, sem ser clichê e principalmente, sem regras, blogando pela diversão e pelo amor.
1 pessoa gostou do post.