FILE – A arte eletrônica na época disruptiva | RJ

FILE - a arte eletrônica na época disruptiva (3)

O Centro Cultural Banco do Brasil é um dos poucos locais gratuitos e que apresentam propostas interessantes com grande frequência ao público.

FILE - a arte eletrônica na época disruptiva (1)

Uma delas foi a Disruptiva, que eu tive que procurar o significado no dicionário.

Que provoca ou pode causar disrupção; que acaba por interromper o seguimento normal de um processo.

Tecnologia Disruptiva. Designação atribuída a uma inovação tecnológica (produto ou serviço) capaz de derrubar uma tecnologia já preestabelecida no mercado.

A mostra permitiu que os visitantes interagissem com praticamente todas as obras, gerando filas enormes para conseguir uma senha e assim, conseguir participar. O ideal é chegar assim que o CCBB abre, 9h00.

Nemo Observatorium

Uma espécie de tornado! partículas de isopor são sopradas de fortes ventiladores. Você fica praticamente no olho do furacão.

FILE - a arte eletrônica na época disruptiva (2)

Nessa instalação, o visitante recebia uma massagem

FILE - a arte eletrônica na época disruptiva (4)

Simulacra

Nesse deveríamos olhar utilizando lupas

FILE - a arte eletrônica na época disruptiva (5)

To reverse yourself

Um espelho faz a interação com dois espectadores. O que é ilusório ou não?

FILE - a arte eletrônica na época disruptiva (6)

Be boy be girl

Acho que aqui a sensação era de sombra e água fresca no Havaí

FILE - a arte eletrônica na época disruptiva (7)

Vídeo boleba

O vídeo era sincronizado com o lançamento das bolas de gude

FILE - a arte eletrônica na época disruptiva (8)

Plaplax

Ao tocar nos cones, várias imagens surgiram, bem legal!

FILE - a arte eletrônica na época disruptiva (9)

Hardwired

18 mil luzes de led piscantes em um eterno vai e vem.

FILE - a arte eletrônica na época disruptiva (10)

Não consegui interagir com todas as obras, mas tem vídeo mostrando como foi o evento no CCBB.

Daniele

Facebook | Insta Blog | Insta Dani | YouTube | Twitter | Comente!

O que achou do post?

Comente pelo Facebook!

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>