Eventos

2º dia do Rock in Rio 2019

Essa é a minha 2ª vez no evento, cada edição é diferente e isso é o mais legal! Claro que não é um evento barato, mas vale a pena juntar um dinheirinho e se organizar para comprar os ingressos. Afinal, ele só ocorre a cada dois anos.

Diferente da edição anterior, cheguei um pouquinho mais cedo para agendar a ida aos brinquedos. Os clássicos retornaram!

Mas infelizmente não consegui realizar o agendamento. Devido a chuva, os brinquedos estavam fechados.

Por falar em chuva, uma mulher prevenida vale por duas né? Como no evento é proibido a entrada de guarda-chuva, pesquisei na internet o valor das capas vendidas pelos ambulantes no local. Custavam entre R$ 10,00 e R$ 20,00, mas era uma material frágil, que poderia rasgar por qualquer movimento. Foi aí que eu tive a ideia de ir nessas lojinhas que vendem coisas da China sabe? aqui em Campo Grande há várias! encontrei capas coloridas e em material resistente por R$ 18,00 cada. Comprei uma azul e uma lilás. Não me molhei e ainda guardei a capa para utilizar em outras ocasiões.

Sobre as atrações, para todos os gostos! O fato é que se não chegar cedo, torna-se complicado conhecer todos os espaços. O único que não conseguimos visitar, mais uma vez, foi o Game XP.

Transitei tranquilamente por todos os espaços. Utilizei o copinho que ganhei do Itaú para me hidratar. (Só é permitida a entrada de garrafas sem tampa). Há vários bebedouros espalhados pela Cidade do Rock, bem como banheiros e quiosques de alimentação.

Sobre os headliners, o que eu mais curti foi CPM 22/Raimundos, Weezer e Foo Fighters.

O Tenacious D, apesar de gostar do Jack Black, achei meio caricato e cômico. Não curti muito.

A galera estava esperando quem??? Foo Fighters! Foi uma grata surpresa! Que som o grupo manda ao vivo e o Dave, que voz! gritou o show todo e não ficou sem! Qualidade vocal e instrumental sensacional!

Profissionais demais e muito simpáticos!!! Amei!

O retorno para casa foi muito tranquilo! Haviam três opções (BRT, Taxi e Uber). Ao entrar no Rock in Rio, acabei pagando a passagem de retorno do BRT, mas não usei, apenas uma precaução, caso houvesse demora na fila do taxi, no qual retornei. Afinal não tenho mais 20 anos de idade e ficamos a maior parte do tempo em pé. O chão estava molhado, não era possível sentar. Fica a dica para a próxima edição, mais mesas, cadeiras para descansar e fazer um lanchinho também.

Tem vídeo no canal com os melhores momentos do 2º dia de festival

Daniele

Facebook | Insta Blog | Insta Dani | YouTube | Twitter | Comente!

O que achou do post?

Comente pelo Facebook!

comentários

Mas pode chamar de Dani! Carioca, cinéfila, estudante de Geografia, é apaixonada por animais, passeios e viagens. Adepta de fazer listinhas pra tudo! Não abre mão de uma velha agenda e uma boa aventura!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *