Circuito Grutas na Floresta da Tijuca

Mirante da Cascatinha - PNT

     O Circuito Grutas fica no Parque Nacional da Tijuca, é considerado um dos maiores parques urbanos do mundo!

Dessa vez, não fui por conta própria. Fui com o grupo Trilhas do Rio de Janeiro, com quem faço trilha há muitos anos! mas precisamente, desde a época do finado Orkut. O ponto de encontro foi no Estacionamento da Cascatinha. A Floresta da Tijuca é carregada de história!

Roteiro Floresta da Tijuca (1943 – 1946) em cerâmica

Roteiro Floresta da Tijuca | PNT

Estacionamento Cascatinha - PNT

Um pouco de história

Cascatinha Taunay - PNT

Cascatinha Taunay

Cascatinha Taunay - PNT

No circuito passamos por 8 grutas. Algumas interessantes e outras, nem tanto.

Gruta Paulo e Virgínia

É a mais conhecida da Floresta da Tijuca. Formada por blocos rochosos que originaram uma cavidade em forma de concha. O nome da gruta foi dado por Barão d’ Escragnolle em homenagem aos personagens de um livro.

Gruta Paulo e Virgínia | PNT

Uma passadinha rápida na Cascata Diamantina

Cascata Diamantina | PNT

Cascata da Baronesa

Cascata da Baronesa | PNT

Cascata da Baronesa | PNT

Nós visitamos a Gruta do Belmiro, Gruta do Archer, Gruta dos Morcegos, Gruta Bernado de Oliveira e Gruta Gabriela.

Circuito Grutas | PNT

Dentro da caverna não esqueça do repelente e da lanterna! Itens indispensáveis!

Circuito Grutas | PNT

Circuito Grutas - PNT

Circuito Grutas - PNT

As grutas que eu mais gostei de explorar foram a Gruta do Morcego e a Gruta do Archer. Dá só uma olhadinha no vídeo pra saber porque estou falando isso.

Depois me diz o que achou!

Daniele

Facebook | Insta Blog | Insta Dani | YouTube | Twitter | Comente!

O que achou do post?

Mirante do Caeté – Parque Natural Municipal da Prainha

Carina e eu no Mirante do Caeté

Depois de meses sem fazer trilha, voltei à participar de uma das atividades físicas preferidas… o trekking!

E nada melhor que retornar, com uma trilha leve, vista linda, com direito à praia no final e na companhia de amigos.

Eu, Lygia e Carina no Parque Natural Municipal da Prainha

A trilha começa dentro do Parque Natural Municipal da Prainha. O acesso ao Parque é de carro ou a pé. Não há transporte público nessa região. O local é limpo e bem movimentado. Me senti segura. Logo na entrada há chuveiros para quem deseja retirar o sal da praia. Avistamos muitos surfistas por ali.

Entrada do Parque Natural Municipal da Prainha

Parque Natural Municipal da Prainha

Parque Natural Municipal da Prainha

Parque Natural Municipal da Prainha

A trilha é super tranquila! Coberta pelas árvores, portanto não há exposição ao sol no percurso e bem sinalizada. Não marcamos o tempo, mas acredito que realizamos em 20 minutos. Não esqueça de ir com calçado adequado!

Da trilha, já temos uma prévia do que veremos no Mirante. Não é lindo? pausa para descansar, beber água e se deparar com esse visual!!!

Parque Natural Municipal da Prainha

As praias nesse verão carioca, estão demais!!! a coloração linda, parece o Caribe! A água também está refrescante! Geralmente é muito gelada!

Vista do Parque Natural Municipal da Prainha

Aproximando-se ao fim da trilha… observamos o Mirante do Caeté. Um deck de madeira com vista privilegiada!

Mirante do Caeté

Que visual!!!

Mirante do Caeté

Mirante do Caeté

Não pode faltar a foto clássica!

Carina, eu e Lygia no Mirante do Caeté

Parque Natural Municipal da Prainha

Av. Estado Guanabara, s/nº, Recreio dos Bandeirantes

Entrada gratuita – Terça a Domingo de 8h00 às 17h00

Lembrete: Se vai de carro, chegue bem cedo para estacionar!!! Principalmente final de semana!!!

Bju!

Daniele

Facebook | Insta Blog | Insta Dani | YouTube | Twitter | Comente!

O que achou do post?