Trilha de Jeep até a Praia de Castelhanos – Ilhabela | SP

Mirante do Coração

Não sei o que acontece que gosto tanto desse lugar! Minha 2ª vez na capital da vela e nem os borrachudos me convencem do contrário. Olha o estado que ficou meu pé! Usei o 2×1 (repelente e protetor) da Loreal, mas não deu jeito não. Esses borrachudos são uma desgraça!

Culpa dos borrachudos

O ideal era ficar mais tempo em Ilhabela, pois é muitoooo longe!. Mais de 6h00 de viagem, sem contar os engarrafamentos em São Sebastião. Dessa vez fui pela Dutra. Pela Costa Verde é muito mais agradável, mas, Carnaval, o povo da zona Oeste do RJ, sobe pra Mangaratiba, Angra… mais engarrafamento. Uma coisa eu aprendi! não vá pra Ilhabela em feriados e carnaval. Apenas antes e depois deles, pois a cidade fica lotada! Ano passado fui após o carnaval e fiquei o mesmo período de tempo, confesso que aproveitei mais.

Na minha mente já estava tudo arquitetado: Bonete e Praia dos Castelhanos. Mas de fato só consegui ir para Castelhanos, que levou o dia inteiro. Mais um motivo pra voltar!

Ah… pela Dutra encaramos 6 (SEIS) pedágios para ir e mais 6 (SEIS) para voltar! pela Costa Verde não pagamos nenhum pedágio! Lembrando que para chegar em Ilhabela, é preciso fazer a travessia de balsa, em São Sebastião. A ida custou R$ 27,70 e a volta R$ 7,50.

Travessia de Balsa

Lá, ficamos hospedados no Mirailha Chalés. Pela primeira vez, reservei no Airbnb. Foi uma ótima experiência!

MiraIlha Chalés (5)

MiraIlha Chalés (4)

MiraIlha Chalés (6)

MiraIlha Chalés (1)

MiraIlha Chalés (2)

Assim que nos instalamos, já reservamos  o passeio para o dia seguinte, no chalé mesmo.

Às 9h30, o Rodrigo da Landpoint Turismo, veio nos buscar para o passeio de jipe. Custou R$ 100,00 por pessoa e só aceitava dinheiro ou débito. Assim como na Praia dos Castelhanos, que não possui energia elétrica. Compras apenas com dinheiro.

MiraIlha Chalés (3)

E começou nossa aventura! Primeiro pelas avenidas de Ilhabela…

Passeio de Jeep (1)

Pra usar esse maiô P, eu confesso que corri 30 minutos todos os dias! rs!

Passeio de Jeep (2)

Bela mesmo!

Praia do Engenho - Ilhabela

Depois adentramos o Parque Estadual de Ilhabela, onde há a maior reserva de Mata Atlântica do planeta! Além de ser considerado Patrimônio Natural e Reserva da Biosfera pela Unesco.

Parque Estadual de Ilhabela (1)

Somente veículos 4×4 podem transitar pela Estrada Parque dos Castelhanos.

Parque Estadual de Ilhabela (2)

Parque Estadual de Ilhabela (3)

Parque Estadual de Ilhabela (4)

Logo na entrada havia uma pequena trilha para cachoeira.

Parque Estadual de Ilhabela (1)

Parque Estadual de Ilhabela (2)

Parque Estadual de Ilhabela (4)

Fiquei com muita vontade de entrar! Água límpida e muito gelada! Desisti! rs… Minha amiga aproveitou por mim! ô pessoa para gostar de cachoeira, rio, mar! (Tenho quase certeza que ela nasceu dentro d’água! rs!)

Parque Estadual de Ilhabela (3)

Retornamos ao Jeep e aí sim! o perrengue começou! Jeep + trilha= Segura pião! 15 km… desse jeito!

Parque Estadual de Ilhabela (6)

Descortinando a exuberante Mata Atlântica e ao fundo a Baía de Castelhanos. Esse aí é o Mirante de Castelhanos.

Parque Estadual de Ilhabela (7)

Enfim chegamos à Castelhanos! Por volta de 13h00. Foi preciso andar uns 10 minutos até a praia.

Rio Quilombo

Praia de Castelhanos (1)

Olha quem nos recebeu de braços abertos! digo, patas…

Praia de Castelhanos (2)

Praia dos Castelhanos

Praia dos Castelhanos

Pausa para almoço… Olha os precinhos por lá!

Praia de Castelhanos (4)

Para finalizar, subimos a trilha até o Mirante do Coração, que é bem curtinha! 5 minutinhos subindo esses degraus.

Trilha para o Mirante do Coração

Mirante do Coração

Mirante do Coração

Dizer o que né? só assistam o vídeo dessa aventura e confiram com seus próprios olhos!

Até mais!

Daniele

Facebook | Insta Blog | Insta Dani | YouTube | Twitter | Comente!

O que achou do post?

Conhecendo Arraial d’Ajuda | BA

     Em Porto Seguro haviam dois lugares que eu gostaria muito de conhecer: Arraial d’Ajuda e Trancoso. Arraial ainda consegui passar uma tarde por lá, já trancoso, ficará para uma próxima oportunidade.

O atendente do Hotel Estalagem Porto Seguro, que fiquei hospedada, me recomendou o pôr do sol em Arraial. E lá fui eu! A tarde estava linda! prometia um pôr do sol daqueles… de tirar o chapéu!

Pôr do sol em Porto-Seguro| BA

Para chegar em Arraial d’Ajuda é preciso realizar a travessia de balsa. Fiz sem carro e por pessoa custou em torno de R$ 4,50. O trajeto é curto e se não me engano durou uns 10 minutos ou menos. A balsa atravessa o Rio Buranhém e funciona 24h.

Travessia de balsa para Arraial d'ajuda

Travessia de balsa até Arraial da Ajuda

Travessia de balsa até Arraial da Ajuda

Já em terra firme, é preciso pegar um ônibus, van ou táxi para chegar ao Centrinho de Arraial. São 4 km de distância. Eu juro que não sabia e andei até a Praia do Apaga Fogo. Li que ela tem esse nome porque os pescadores acendiam uma lamparina ao sair para pescar. No retorno, apagavam. Se alguma estivesse acesa, era um sinal de que o pescador ainda não retornou e provavelmente precisava de ajuda.

Praia do Apaga Fogo

Depois da praia, peguei a van rumo ao centrinho. Quanto engarrafamento na Estrada da Balsa! Tanto pra ir, quanto pra voltar! muita gente! Escutei de várias pessoas que não há baixa temporada por lá… sempre é agitado, feriado ou data comemorativa, pior ainda! A passagem na van custou R$ 3,00 por pessoa.

Achei o centrinho muito gracioso! Na foto: Igreja Matriz de Nossa Senhora da Ajuda, no Largo da Ajuda.

Largo da Ajuda e Igreja Matriz Nossa Senhora d'Ajuda | Arraial d'ajuda - Bahia

Tinha um passarinho no caminho…

Arraial-d'Ajuda-(10)

Paramos no restaurante Vila Carmel para um café. Ele fica na região conhecida como Broadway

Vila Carmel | Arraial da Ajuda -BA

Dona formiga (eu), agradece!

Bolo de doce de leite com canela | Vila Carmel - Arraial d'Ajuda

Depois do lanche apetitoso, seguimos por toda a “Broadway” até chegar na famosa Rua do Mucugê. Muito parecida com a Rua das Pedras em Búzios.

Rua do Mucugê | Arraial d'Ajuda - Bahia

Aqui que nosso passeio foi interrompido! Nada de praia ou pôr do sol. Perdemos duas horas sagradas de nossas vidas!!! Foi assim… um sujeito nos abordou e pediu para responder uma pesquisa, que não levaria 5 minutos. Muito educados, respondemos. Depois seguimos até uma loja, para confirmar que realmente respondemos a pesquisa e que não foi forjado pelo rapaz. Resumindo… queriam vender um empreendimento, na beira da Praia do Apaga Fogo. Achei o valor interessante! mas eu não tenho casa pra morar, vou comprar imóvel de temporada??? Enfim… ofereceram água, guaraná, fizeram parcelas de R$ 100,00 para tentar vender o troço e eu continuei recusando… “Moço eu não vim pra cá, comprar nada! eu só quero passear!” Resumindo: Entrei de tarde, saí de noite… Se alguém parar vocês para uma pesquisa, recusem, fujam! porque esse pessoal é chato e muito, muito insistente!

Tem um vídeo curto sobre o pequeno distrito de Arraial d’Ajuda, aperta o play!

Até a próxima!

Espero que sem chatos para perturbar nosso passeio… rs!

Daniele

Facebook | Insta Blog | Insta Dani | YouTube | Twitter | Comente!

O que achou do post?